21/02/17

Procissões Quaresmais de Ovar 2017


PROGRAMA:
12 de março - Procissão dos Terceiros (Cinzas)
26 de março - Passos
13 de abril - Terro-Terro
14 de abril - Via Sacra e Enterro do Senhor

PARTICIPE!
Se quer manter, e até rejuvenescer as nossas Procissões Quaresmais, colabore na sua preparação e participe, de boa vontade, na sua realização. A Fraternidade Franciscana, a Irmandade dos Passos e a Paróquia de Ovar esperam a vossa aderência (com inscrição na Casa-Museu da Ordem Terceira, na Igreja ou na Secretaria Paroquial.

15/02/17

10/02/17

Oblata Paroquial




Cumpra, por favor, com generosidade, o seu dever de contribuir com a oferta anual (Oblata) destinada a suportar os encargos com as instalações e funcionários da Paróquia de São Cristóvão de Ovar.

01/02/17

Paróquia de São João de Ovar celebra Bodas de Ouro

Na ocorrência dos 50 anos pre­cisos sobre a criação da Paróquia de São João de Ovar, o Sr. Bispo do Porto D. António Francisco dos Santos, presidiu, em 29 de janei­ro, no respetivo Salão Paroquial, à Eucaristia das 10 horas, momento alto das comemorações, acom­panhado pelo pároco local, Vítor Nelson Santos, pelo diácono António Poças, e por vários sacerdotes. Tomaram par­te na celebração os organismos e membros da família paroquial, bem como os presidentes da Câ­mara e da Assembleia Municipal, Salvador Malheiro e Pedro Braga da Cruz, Bruno Oliveira, presi­dente da União de Freguesias de Ovar, e outras entidades.


Neste cinquentenário (1967-2017), a Paróquia de São João de Ovar, para além da bênção do seu Padroeiro São João Baptista, conta também com o patrocínio da Virgem de Fátima, cujo cente­nário ocorre neste ano com a pre­sença do Papa Francisco.


A Celebração dos 50 anos da Paróquia de São João de Ovar, sob a presidência do Sr. Bispo
do Porto, D. António Francisco dos Santos, teve a colaboração do anterior pároco, 
P.e Augusto Carneiro da Silva, de dois sacerdotes naturais desta Paróquia, Artur Teixeira
 e José Gregório Valente, e do diácono António Poças

Colaboradores da Paróquia e entidades locais

Após a Eucaristia comemorati­va dos 50 anos da Paróquia de São João de Ovar, seguiu-se um almoço de confraternização na sede da Associação Cultural e Recreativa Sande, Salgueiral e Cimo de Vila.
Congratulando-se por esta data, a Paróquia de Ovar conti­nuará a colaborar, em espírito de unidade, com a Paróquia em festa.

Como nasceu a Paróquia?

Data de 29 de janeiro de 1967 o decreto em que D. Florentino e Silva, Administrador Apostólico da Diocese do Porto, houve por bem:
1 - Criar a Paróquia de São João de Ovar e dar-lhe por Padroeiro São João Baptista, também o titular da futura Igreja;
2 - Designar e demarcar, como área da Paróquia agora instituída, todo o território situado a leste do caminho de ferro e até então pertencente a São Cristóvão de Ovar;
3 - Designar como sede provisória da nova Pa­róquia a atual capela de S. João.
Segundo os critérios da Diocese referidos no jornal “João Semana” de 21/01/1967, a criação da nova Paróquia deveu-se ao facto de a população de Ovar ser superior a 15 mil habitantes, de haver grandes distâncias entre lugares, de serem diferentes as condições religiosas, sociológicas e geográficas da parte oriental de Ovar, e por já existir, desde 4 de fevereiro de 1964, uma experiência positiva de comunidade quase paroquial com o pároco próprio, António José da Silva.

A histórica capela de São João de Ovar, atual sede da Paróquia, antes do seu restauro

Texto: Manuel Pires Bastos
Fotos da celebração: Fernando Pinto

21/01/17

Padre Gregório – Um vareiro em serviço missionário


Meses depois da sua Missa Nova em São João de Ovar, o Padre Gregório prepara-se para continuar o seu serviço pastoral em terras de missão. A foto, com os pais Manuel Valente Duarte Costa e Maria Rosa Pereira Costa, e seus irmãos lembra o final da celebração da sua Ordenação Sacerdotal em 30 de outubro de 2016, pelo Sr. Bispo do Porto, D. António Francisco dos Santos, na Igreja dos Padres Passionistas em Santa Maria da Feira.

José Gregório Duarte Valente em África. O seu exemplo pode ser semente
de novas vocações missionárias

19/01/17

Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos

De 18 a 25 de janeiro decorre em todos os países cristãos uma semana de oração e reflexão sobre a urgência de uma maior aproximação entre as Igrejas que têm Jesus Cristo como centro da sua fé.
Neste ano, em que são evocados os 500 anos da reforma protestante iniciada por Martinho Lutero, a oração e os debates girarão à volta de um tema central inspirado na carta de S. Paulo aos coríntios, que nos convida à reconciliação: "É o amor de Cristo que nos impele".
O texto programático da semana, assinado pelo Papa Francisco e por Munib Yunan na catedral luterana de Lund, após uma oração ecuménica, esclarece o sentido da oração neste oitavário pela Unidade dos Cristãos:
"Pedimos a Deus inspiração, ânimo e força para podermos continuar juntos no seu serviço, defendendo a dignidade e os direitos humanos, especialmente dos pobres, trabalhando pela justiça e rejeitando todas as formas de violência."
Tomemos estas intenções como centro da nossa oração nestes dias.

Um grupo de catequistas da Paróquia de Ovar que mensalmente se reúne em oração, dedicou o encontro da noite de 19 de janeiro, na capela do Instituto Jesus Maria José, a refletir e a rezar pela unidade das Igrejas Cristãs, para que se venha a realizar plenamente a vontade de Cristo: "Que haja um só rebanho e um só pastor".
Há que derrubar o muro que nos separa, construído com as pedras dos nossos defeitos, que utilizamos irresponsavelmente contra os outros, a nível individual e a nível institucional.

Construída com os tijolos que ergueram um muro de discórdia,
a cruz surge como convite à unidade dos cristãos

Veja AQUI
o texto da Semana da Oração

17/01/17

50.º aniversário da Paróquia de São João de Ovar (1967-2017)

No dia 29 de janeiro, a Paróquia de S. João de Ovar vai assinalar solenemente o 50.º aniversário da criação canónica da Paróquia, de acordo com o seguinte programa:
10h00 – Eucaristia solene no Salão Paroquial, presidida pelo bispo do Porto, D. António Francisco dos Santos.
12h30 – Almoço comemorativo na sede da Associação Cultural e Recreativa de Sande, Salgueiral e Cimo de Vila.

CLIQUE no cartaz

16/01/17

Recital natalício na Matriz


Os Pueri Cantores de São Cristóvão de Ovar, com a colaboração de alguns professores e alunos da Escola de Música Novos Sons, que fun­ciona nas antigas instalações do jardim de infância “Alvorada”, ofereceu, no dia 8 de janeiro, na Igreja Matriz, um belo recital natalício.
O êxito deste concerto demonstrou a qualidade artística, fruto do empenhamento do Coral e das suas responsáveis – Esmeralda Amaral e Carolina Abreu, bem como do responsável da Escola de Música Novos Sons, Rui Manarte, ele próprio antigo coralista do Grupo.


Numa atitude feliz, que muito sensibilizou os presentes, partici­param em alguns números do pro­grama antigos elementos do Coral, alguns dos quais acompanhados dos seus filhos pequeninos, que gestualmente intervieram numa das canções do programa – “As Vo­gais do Natal” – de sabor infantil.
No final, o Pároco e a maestrina Esmeralda agradeceram aos pre­sentes, manifestando esperança no novo núcleo que está a surgir, para ajudar a manter o prestígio que o grupo alcançou.

Fotos: Fernando Pinto e Virgílio Neves

31/12/16

Jornal “João Semana” faz 103 anos – A história fala por si!

Este jornal, fundado em Ovar em 1 de janeiro de 1914, pelos padres José Ribeiro de Araújo e Manuel Lírio, está de parabéns pelo seu 103.º aniversário. Em 1959, por doação da Família Soares Ribeiro, passou a pertencer à Paróquia de São Cristóvão de Ovar, tendo sido reorganizado como quinzenário em 1975.
Pelo seu papel na difusão da informação escrita e agora também em digital (PDF, a cores), que transmite à população ideias, projetos, acontecimentos, valores e propósitos que vão dando a conhecer a história de Ovar, seu concelho e país, tem dado um extraordinário con­tributo às pessoas, à Igreja, às forças vivas do concelho e aos agentes dos vários quadrantes da vida social da comunidade vareira.

É um jornal que, ainda criança, me habituei a ler e com qual, a partir da minha adolescência, passei a colaborar, pelo que não tenho receio em afirmar que é um órgão de comunicação social de referência para quantos o assinam, leem e publicitam os seus produtos, e que se tem pautado por um trabalho de rigor e seriedade, respeitando os princípios da igualdade, transparência e democracia, investindo, desta forma, ao serviço da comunidade todo o seu saber, experiência e dedicação, divulgando as atividades e ações das inúmeras instituições de Ovar.
Tem contribuído para uma maior visibilidade dos problemas da co­munidade e, em muitas situações, na resolução de problemas, emoções e sucessos, de forma participativa, promovendo o diálogo, dando voz a todos dentro dos valores da ética, isenção, transparência e igualdade, sendo uma referência na Imprensa regional.

Parabéns ao “João Semana” e de um modo especial a todos os seus colaboradores referidos na sua ficha técnica, com destaque para o seu diretor, Revdmo. Padre Dr. Manuel Pires Bastos, para o diretor-adjunto Dr. Fernando Manuel Oliveira Pinto, e para a Dr.ª Álida Ferreira, secretá­ria da redação, responsável pela composição deste periódico centenário.

TEXTO: Aníbal dos Santos Gomes (colaborador do jornal "João Semana")

30/12/16

Revista REIS 2017 (número do cinquentenário)


O n.º 51 da revista REIS, publicação anu­al ovarense, com capa da autoria do artista plástico Emerenciano. Deixamos-lhe o sumário do número cinquente­nário: 

PÓRTICO
Raízes e Horizontes (por Equipa)
FIGURA REISEIRA
Alcino Andrade (João Costa)
FIGURA VAREIRA
Luís Ferreira Matos (Manuel Catalão)
FACES
Maria Benedita e Isilda Gaspar (Maria Amélia Tavares)
Mariana Palavra (Maria Luísa Resende e Maria Amélia Tavares
Rafael Polónia (Fernando M. Oliveira Pinto)
HOSPITAL DE OVAR
A nossa ca(u)sa comum (Maria Luísa Resende)
 Há 50 anos Ovar em Festa (Manuel Pires Bastos)
Os 50 anos do Hospital de Ovar (Joaquim Fidalgo)
CARTOON
"O cinquentenário da revista" (José Maia)
ARTES E OFÍCIOS
SAL (José O. Neves)
DESPORTO EM OVAR
Já se pratica voleibol em Ovar há 65 anos! (José Pinto)
ANO INTERNACIONAL 2017
O Turismo sustentável para o desenvolvimento (Álvaro Reis)
PRÉMIO NOBEL DA PAZ
(António Poças)
TERRAS E GENTES
S. João (Manuel Duarte)
Cortegaça (Noé Monteiro de Oliveira)
Maceda (Álvaro Ribeiro)
Esmoriz (Djalma Marques)
Válega (Jacinto Guimarães)
Arada (Cristina Reis)
S. Vicente de Pereira (Leandro Correia)
JANELA DA MEMÓRIA
(por Equipa)
Letras JOC-LOC
(por Manuel Pires Bastos)

28/12/16

Cinquentenário da revista REIS (1967-2017)


CLIQUE no convite para aumentar


Clique AQUI para ver 
capa e o sumário do n.º 51
(cinquentenário da revista REIS)

23/12/16

Orfeão de Ovar canta Natal na Igreja Matriz


Cerca de uma centena e meia de alunos da Academia de Música do Orfeão de Ovar e seus professores presentearam os seus familiares e amigos, no passado dia 22 de dezembro, com um belo concerto de Natal, em que instrumentistas e cantores executaram números alusivos à quadra festiva que atravessamos.
A Igreja Matriz, que mais uma vez abriu as suas portas ao Orfeão de Ovar, proporcionou aos assistentes, que enchiam as três naves do templo, o ambiente ideal para o programa a executar graças ao grande espaço e à excelente acústica.

22/12/16

Câmara de Ovar recebe a Luz da Paz de Belém

Um grupo de Escuteiros dos quatro agrupamentos do concelho de Ovar entregou, no passado dia 18 de dezembro, a Luz da Paz de Belém à Câmara Municipal de Ovar.
Domingos Silva, vice-presidente da autarquia, recebeu o símbolo da Paz, abrindo as portas dos Paços no Concelho, onde agradeceu o ato simbólico, “mas de grande significado nesta quadra natalícia”.
A Luz da Paz de Belém é uma iniciativa da televisão pública austríaca, desde 1989, em conjunto com os Escuteiros e as Guias da Áustria.
Anualmente, uma criança desloca-se até à gruta de Belém onde Jesus nasceu, colhendo a chama na luz que aí permanece, transportando-a até Viena, onde é partilhada com delegações de Escuteiros e de Guias de todo o mundo.


O Corpo Nacional de Escutas – Escutismo Católico Português associa-se a esta iniciativa, transportando a Luz da Paz ao nosso país (Évora,11 de dezembro) e, numa cerimónia realizada na Sé, partilhando-a com as Regiões.
Os Agrupamentos do concelho de Ovar foram buscá-la, em 12 de Dezembro, ao Porto, encontrando-se nos nossos Paços do Município, depois de percorrer, de candeia em candeia, mais 5600 km, sem nunca se apagar.

21/12/16

Concertos de Natal

Pueri Cantores e “Novos Sons” dão concerto na Matriz no dia 8
Os Pueri Cantores São Cristóvão de Ovar e a Escola de Música “No­vos Sons”dão um Concerto de Natal no próximo dia 8 de janeiro, pelas 16h00, na Igreja Matriz de Ovar.
A primeira parte estará a cargo dos “Novos Sons”, e a segunda per­tencerá aos Pueri Cantores, com os temas “Entrai pastores” (tradicional), “Os pastores” (cantata, popular), “Os reis” (cantata, popular), “As vogais do Natal” (tradicional), “Hark the Heralds” (Mendelssohn), “Swing Low” (espiritual negro), “José e Maria” (popular), “Soam bem” (popular), “Linda noite” (popular do Algarve), “Aleluia, Aleluia!” (Haendel – 1685-1759), “El nacimiento” (Ariel Ramirez), “El noi de la Mare” (popular catalão – Ernest Cervera), “Es ist ein Ros Entsprungen” (arr. Michael Praetorius), “Tu schendi dalle stele” (S. Afonso M.de Liguori-Giacommo dell’Orso) e “Ya vienne la vieja” (popular de Castela – Revisão E. Cifre).

Conservatório da JOBRA em Ovar


Na Capela da Miseri­córdia atuaram na noite de 16 de dezembro os alunos do Conservatório de Mú­sica da JOBRA (Branca) sob a direção do maestro Hernâni Figueiredo, apre­sentando um reportório adequado ao espírito de Natal.



Vox Angelis

Decorreu com brilho o concerto que o agrupamento Vox Angelis, de Lisboa, a convite da Câmara Muni­cipal de Ovar, apresentou na Igreja Mariz em 17 de dezembro, com obras clás­sicas de Gounod, Schubert e Morricone, apresentadas por um trio de profissionais de prestígio internacional – cravo, violino e violoncelo – e por dois solistas de grande mérito, um dos quais a búlgara Liliana Bolyakova (na foto), que interpretaram cantos clássicos de Natal. 

20/12/16

A Paróquia de Ovar deseja-lhe um FELIZ NATAL!





CLIQUE no postal
para aumentar



PLAY para ver o vídeo

Noites de Natal

O meu presépio há muito que o deixei
Fechado, com meus sonhos de criança,
No sótão da existência, onde guardei
As imagens de toda a minha esperança.
Fui crescendo e fui vendo que, afinal,
Aquilo que Jesus veio ensinar
Naquela linda Noite de Natal
Ainda hoje está por realizar!...
Os anos vão passando, e é sempre igual…
– Feliz Natal! –, eu oiço a toda a gente.
Parece que no mundo nem há mal…
Mas, passado este tempo de acalmia,
Os homens ficam feras novamente,
Voltando a pelejar no dia-a-dia.

José de Oliveira Neves, in “Longa Caminhada”

Imaculado Coração na Mensagem de Fátima – A primeira imagem em Ovar

O Ano Jubilar do Centenário das Aparições de Fátima, que se celebra de 27 de novembro de 2016 até 26 de novembro de 2017, terá como tema “O Meu Imaculado Coração será o teu refúgio e o caminho que te conduzirá até Deus”. Propõe ao peregrino de Fátima que configure a sua peregrinação a este Santuário a partir de orações que o ajudem a recentrar a sua vida na espiritualidade de Fátima. (...)
Durante este ano jubilar, por concessão da Santa Sé, os peregrinos que visitarem este Santuário, nomeadamente a Capelinha das Aparições e a Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, podem obter indulgência plenária com as condições que lhe estão associadas: confissão sacramental (por ocasião da visita ou em dia próximo), sagrada comunhão e oração pelas intenções do Santo Padre.
Este itinerário do peregrino pressupõe passagem pelo Pórtico Jubilar; a oração do Rosário, na Capelinha das Aparições; a oração pelo Papa junto aos túmulos dos pastorinhos; a oração pela Paz na Capela do Santíssimo Sacramento; e a oração jubilar de consagração (...). Fonte: Jornal "Voz da Fátima" (13/12/2016) 



Fátima em Ovar – A primeira Imagem do Imaculado Coração de Maria


Clique no título a azul (link) para ler a história desta imagem datada de 1946 e que se encontra na Igreja Matriz de Ovar desde 12 de julho daquele ano

17/12/16

Reunião de Batismos em Ovar

O Batismo responsabiliza a comunidade paroquial a acompanhar os pais e os padrinhos na formação cristã da criança. 
Para maior consciência desta tarefa, está prevista para pais e padrinhos um encontro antes de cada batismo no dia e mês que melhor convier a cada um, de acordo com o seguinte calendário. 

CLIQUE para aumentar

Dia dos Batismos em Ovar, S. Cristóvão - 2017

  • 29 de janeiro
  • 26 de fevereiro
  • 26 de março
  • 30 de abril
  • 28 de maio (Ascensão)
  • 26 de junho
  • 30 de julho
  • 27 de agosto
  • 24 de setembro
  • 29 de outubro
  • 26 de novembro
  • 31 de dezembro (Sagrada Família)

07/12/16

Bandas de Ovar em festa

As duas Bandas de Ovar, Banda Boa União (“Música Nova” ou “Banda dos Bombeiros Voluntários de Ovar”) e a Banda Filarmónica Ovarense (“Música Velha”) festejaram os seus aniversários com manifestações culturais de grande qualidade artística, particularmente nos concertos de gala que tiveram lugar respetivamente em 26 de novembro e 3 de dezembro.
A Paróquia de São Cristóvão de Ovar felicita as duas instituições que ao longo dos tempos têm dado colaborado nas suas celebrações.

A Banda Filarmónica Ovarense no final da Missa na Igreja Matriz

No concerto de aniversário da Música Nova, o seu presidente homenageia um dos seus elementos 

06/12/16

Com Maria e José, sonhar a alegria do Natal


Mais uma vez, a Diocese do Porto propõe às famílias, às paróquias, às comunidades e outras realidades eclesiais, uma caminhada comum, para vivermos, em sintonia, os tempos fortes do Advento e do Natal. Trata-se de uma proposta que assenta na ideia de sonhar, com Maria e José, “a família” e "em família"  a alegria do Natal.

Esta mesma árvore remete-nos, pois, para o sonho da árvore da vida e da árvore da ciência do bem e do mal, plantadas no Paraíso (Gn 2,9), mas também nos reporta à “árvore de Jessé”, que tem na sua raiz o pai de David, de cuja descendência havia de nascer o Messias, através de José, esposo de Maria (Mt 1,16).

Assim o anunciara Isaías: “Sairá um ramo do tronco de Jessé e um rebento brotará das suas raízes” (Is 11,1). Desde São Jerónimo que os comentadores da Bíblia se referem a tais palavras, dizendo que o “tronco” aludia à Virgem Maria e a “flor” significava Jesus.

Leia mais AQUI (sítio da Diocese do Porto)

01/12/16

Jornal JOÃO SEMANA - 1 de dezembro de 2016


NA CAPA:
Fernando Pinto lança “Mar e outros poemas”
- Desassoreamento da Ria de Aveiro arranca no próximo ano
- Doçaria de Ovar enriquecida – Pastéis “Vareiro” e “Rodilha d´Ovar”
- Revista Dunas XVI já está na rua

NO INTERIOR:
- Nos 127 anos da “Música Nova”
- Recordando... Pinto da Costa em família
- 8 de dezembro – Dia da Imaculada Conceição
- Rancho Folclórico da Ribeira de Ovar
- Figuras típicas – O Zezinho 27
(entre outros artigos e notícias)

17/11/16

Encerramento do Jubileu na Paróquia

Há a misericórdia que nasce do coração (cor). É a verdadeira praticada com o pobre (miser) e que se deve praticar sempre que alguém precise de ajuda. Foi nesta perspetiva que foi criada a primeira misericórdia em Portugal (1498) pela devota rainha D. Leonor, esposa de D. Manuel I. Mui­tas terras foram aderindo aos estatutos “Santa Misericórdia de Lisboa”. 
Ovar teve misericórdia mas não nos moldes da de D. Leonor, funcio­nando com regras estabelecidas localmente entre a Paróquia e a admi­nistração local, de que ficou tradição pelo funcionamento da celebrada “barca da Misericórdia” e pela construção do primeiro Hospital de Ovar.

No jubileu da Misericórdia, mais do que falar da Misericórdia de Deus para connosco, que sabe­mos ser infinita, há que olhar para a misericórdia que não praticamos, por omissão, quer com os mais frágeis, quer na sociedade ou na Igreja. Foi esta a mensagem dirigida pelo Pároco de Ovar aos numerosos católicos que quiseram celebrar, publicamente, o Jubileu da Miseri­córdia da Paróquia.


O encerramento do Jubileu da Misericórdia no domingo, 13 de novembro, teve início pelas 15 horas na Igreja da Santa Casa da Misericórdia, continuando com uma peregrinação silenciosa até à Igreja Matriz, repleta de fiéis, que participaram na Eucaristia festiva, concelebrada pelos párocos de Ovar e Arada, animada por um coro da Paróquia, com representação das obras e associações religiosas da comunidade. 


Os ritos iniciais da celebração foram acompanhados pelos fiéis no exterior e no interior da Igreja da Misericórdia.



O Cortejo com crianças e adultos eram intercalado pelas insígnias dos movimentos da Paróquia, a começar pela Catequese, acólitos e escuteiros.


Estão de parabéns os Catequis­tas e as crianças, suas educandas, com as suas famílias, as Irmanda­des, escuteiros, a PSP, que orientou o trânsito, e outros auxiliares e servidores da Paróquia.
O tempo, que na véspera esteve chuvoso, apresentou-se cálido e convidativo, bem próprio de um clássico verão de São Martinho. 




O Jubileu da Misericórdia não terminou neste dia com a entrada da Porta Santa da Igreja Jubilar. Esta ficou aberta para que os paroquianos de São Cristóvão de Ovar continuem a entrar na sua Igreja Matriz, lembrando a inserção de cada um na comunidade cristã.



Clique AQUI
para ver a abertura da Porta Santa
(20 de dezembro de 2015)
Fotos: Fernando Pinto

15/11/16

Capa do jornal ovarense JOÃO SEMANA - 15 NOV. 2016


NA CAPA:
- Celebração da Missa Nova do Padre José Gregório
- Encerramento do Jubileu na Paróquia
- Contacto leva à cena “O Cavaleiro da Triste Figura”
- Dois artistas vareiros na redação do “João Semana”

NO INTERIOR:
- “Mar e outros poemas” na Biblioteca
- Uma vareira no futebol europeu
- Capelas do Furadouro (1759-1968)
- Pobreza e miséria não são o mesmo
- Valter Hugo Mãe no Museu de Ovar
- Figuras típicas – O Corvim