20/11/10

Via Sacra dos Cursilhos de Cristandade


Da Via Sacra, muito concorrida, que o Movimento dos Cursilhos de Cristandade do Porto promoveu em 28 de Outubro último, em Ovar, comemorando os 50 anos do 1.o curso, realizado no Seminário da Sé, Porto, apresentamos um vídeo no YOU TUBE. (Clique AQUI para aceder ao canal da Paróquia no YOU TUBE).

Cursilhistas em Ovar

No dia 28 de Novembro o Movimento dos Cursilhos de Cristandade (MCC) abriu as suas actividades deste ano na Paróquia de S. Cristóvão de Ovar com a Via Sacra e a Celebração da Eucaristia, associadas à Intendência para o 290.º Cursilho que decorria na Casa de S. Paulo, em Cortegaça. (Já passaram pelos cursilhos, só na Diocese do Porto, cerca de quinze mil homens e mulheres!) O percurso das Capelas dos Passos encheu-se de cursilhistas, provenientes de vários pontos da Diocese, que, a partir das 21h30 horas, percorreram as ruas adjacentes, meditando os passos da Paixão de Cristo, sendo os cânticos, de belo efeito musical e excelente conteúdo, dinamizados por um grupo coral da Paróquia de Oliveira de Azeméis.
Presidiu o Bispo Auxiliar, D. João Lavrador, assistido pelo Diácono António Poças, e acompanhado por vários sacerdotes, entre os quais o director Espiritual Diocesano do Movimento, padre Dr. José Baptista.
D. João Lavrador, em homilia riquíssima em conteúdo, sublinhou o apreço que o nosso Bispo D. Manuel Clemente tem pelo MCC, citando, ainda, alguns documentos basilares do Magistério dos Papas, nomeadamente Paulo VI (“Evangeli Nuntiandi”), João Paulo II (“Ad Gentes”, “Chistifidelles Laici”) e Bento XVI (discursos proferidos entre nós durante a sua visita recente), que os cursilhos procuram aplicar no seu método de evangelização, uma vez que são fiéis cumpridores dos “critérios de eclesialidade” que devem vincular qualquer Movimento à Igreja.
O Movimento dos Cursilhos de Cristandade nasceu em Palma de Maiorca, Espanha, em fins da década de quarenta do século XX, mais concretamente em Agosto de 1944. Foi seu fundador Eduardo Bonin, destacado elemento da Acção Católica, coadjuvado por outros leigos e alguns sacerdotes.
O Movimento chegou a Portugal por Fátima, no ano de 1960, tendo-se ali realizado o primeiro Cursilho. O primeiro realizado no Porto aconteceu no Seminário da Sé, em 1961. De Ovar houve bastantes homens e mulheres que viveram a experiência de um cursilho. É comum ouvir esta expressão: “quem passou por um Cursilho de Cristandade, nunca mais voltou a ser o mesmo!”. Significa isto tão-somente que o cursilho, que proporciona um encontro muito intenso com Cristo, é um momento de Graça que marca positivamente a vida de quem nele participa.
No fim, agradeceu o pároco, Padre Manuel Pires Bastos, lembrando a muitos dos presentes (e eu fui um deles) que o D. João Lavrador tem ascendentes vareiros, o que o senhor bispo confirmou.
Este Encontro de Cursilhistas foi também um momento alto a sublinhar a “Missão 2010”.

Diácono António Poças

Sem comentários: