04/01/11

Revista "REIS" 2011

… E já se vão quarenta e cinco Janeiros a falar de tradições, de sonhos e de acontecimentos do nosso burgo.
Continuamos a lembrar gente com histórias humildes de vida, algumas tecidas em sectores laborais, outras coladas a uma sofrida “solidão”.
Falaremos de paz e de personagens que a constroem, no desejo de que se multipliquem, para um fraternal encontro em cada ano.
Continuaremos a relevar os valores de todos aqueles que, mesmo por trilhos diferentes, partilham dos nossos ideais, iluminados pela estrela de Belém.
Exaltaremos “faces” jovens, respirando saúde e vigor, que nos envaidecem com suas vitórias em fasquia alta.
… Mas neste mundo actual, tão castigado e sofrido, o panorama é cinzento e incerto.
Apele-se ao "Rei dos Reis”, na procura de quem faça apagar ou esquecer IVAS, deduções, congelamentos…
É o grito de consciências feridas e revoltadas.
É o brado dos inconformados e resistentes.
É o eco dos que lutam, no silêncio, à procura de motivações de sobrevivência, dos que buscam, no trabalho, uma réstia de luz que ilumine os seus caminhos de esperança.

Texto de João Costa, publicado no "pórtico" do n.º 45 da REIS. Esta revista anual, editada pela Trupe JOC-LOC, já está à venda nos quiosques de Ovar e na Secretaria Paroquial (Avenida do Bom Reitor). Veja AQUI o que pode ler nesta edição.

Os Reis de Ovar andam nas ruas

Trupe JOC-LOC actuando em 3/1/2011 nos Bombeiros Voluntários de Ovar

Desde o dia 1 de Janeiro que 16 grupos de adultos e 7 de crianças (escolas e Misericórdia de Ovar) saem à rua nas noites de Reis, levando às casas e associações, com as suas músicas e letras, sempre originais, o tema do Natal cristão.
Cada trupe (assim se designam, aqui, estes grupos), constituída por 30 a 50 elementos, com o acompanhamento de instrumentos vários, especialmente de cordas, canta três números, a saber: Saudação, Mensagem e Agradecimento.
Eis a letra da Mensagem da trupe da antiga JOC-LOC, da autoria de Manuel Pires Bastos, musicada por António Covas (à esquerda, junto à entrada do quartel dos Bombeiros Voluntários de Ovar).

“Belém em tua casa”

I
No Oriente
Brilha uma estrela,
E os magos partem
No rasto dela.

Naquela noite
De luz e esp’rança,
Deus lhes sorri,
Feito Criança.

Noite tão bela
Ninguém já viu.
Parece que aquela estrela
Nos traz segredos do Céu.
Noite divina,
Fazes sonhar.
A tua luz nos fascina,
Traz Belém até Ovar.

II
Se um pobre aflito
E sem alento
Implora um pouco
Do teu sustento,

Dá-lhe o teu pão,
Traz-lhe uma brasa.
Belém é dentro
Da tua casa.

Noite tão bela, etc.

No Orfeão de Ovar

No Centro de Arte de Ovar

Veja a GALERIA DE FOTOS da JOC-LOC AQUI (blogue da revista REIS)
OIÇA OS 3 NÚMEROS DESTA TRUPE REISEIRA AQUI (YOU TUBE)


Outras trupes reiseiras

Trupe da Ribeira
(Foto MPB)

Trupe da A. C. e R. de Sande, Salgueiral e Cimo de Vila

Trupe da Banda Nova
Trupe do Orfeão de Ovar

Trupe da Casa da Amizade

Trupe Tradição e Juventude

Trupe do Grupo Folclórico "Os Fogueteiros de Arada"

Trupe da Associação Desportiva Ovarense (ADO)

Fotos de Fernando Pinto (excepto a da Trupe da Ribeira e Banda União - MPB)
Envie-nos uma foto da sua trupe que será aqui publicada (jornaljoaosemana@sapo.pt)

Sem comentários: