29/05/12

Paróquia e Parque Urbano de Ovar

Uma vista do futuro Parque Urbano de Ovar obtida a partir da torre norte da Igreja.
À direita a residência e o Centro Social; à esquerda a Secretaria e o Salão Paroquial
A Paróquia de Ovar contribuiu com uma área de 3.122 m2 do seu património (duas parcelas, respectivamente de 2.452 e 670 m2) para o futuro Parque Urbano de Ovar que, no seu todo, ocupa cerca de 7,5 hectares. Em compensação, recebeu da Câmara Municipal a verba de 42.451,40 euros, avaliada por um perito constante da listagem do Tribunal da Relação do Porto, com parecer positivo de dois avaliadores locais, e com a condição de ser salvaguardado que a parte remanescente mantenha acesso ao Rio Cáster e que o Município assuma o encargo da vedação a construir para delimitar a parcela ora vendida da parte que permanecerá propriedade da Paróquia.
Construindo o muro de delimitação do Parque Urbano de Ovar na entrada da Avenida da Igreja
Esperamos que o que resta do terreno paroquial (ponto 3 no mapa) agora intervencionado, e que havia sido adquirido às Famílias Bonifácio e Ribeiro, venha a ter, pela sua situação periférica ao Parque, uma valorização compensatória. 


Planta do futuro Parque Urbano de Ovar entre os Pelames e a Rua Ferreira Castro
O vale do Cáster nos finais do séc. XX
 (Quadro da pintora Delfina Carmen)

Início das obras do Parque Urbano de Ovar

O Parque Urbano de Ovar vai crescendo...





Uma das entradas do Parque Urbano, junto à Igreja Matriz de Ovar (03/04/2012)

O Parque Urbano de Ovar, em construção, visto dos Pelames






Parque Urbano de Ovar - 5 de junho de 2012 







Um património a preservar


Moinho das Lajes


Moinho dos Pelames

Parte dos terrenos do futuro Parque Urbano de Ovar há cerca de 100 anos

1 comentário:

Anónimo disse...

é com muita saudade e pesar no coração que vejo acabar um pertence de toda a minha geração a família dos moleiros a onde eu brincava quando ia de ferias a ovar com os meus pais
Filipa Godinho Lisboa