22/02/13

22 de fevereiro - Cátedra (cadeira) de São Pedro

Jesus a S. Pedro:
"Dar-te-ei as chaves do Céu. Tudo o que ligares na terra será ligado no Céu..."
"Apascenta os meus cordeiros... apascenta as minhas ovelhas..."
"Quem vos ouve, a mim ouve..."

A festa da Cadeira de S. Pedro ("cátedra petrina"), celebrada desde o século IV, representa a unidade da fé transmitida por Jesus Cristo aos Apóstolos, na pessoa de S. Pedro e a seus sucessores, a quem Jesus confiou um ministério (como cabeça e pastor) e um magistério (mestre e doutor da Verdade), infinitamente superiores aos de todos aqueles que se sentaram na "Cátedra de Moisés" (Mateus 23,3)
A tiara (três coroas) é o símbolo dos três poderes de São Pedro e dos seus sucessores em Roma: Ensinar (Doutrina), Santificar (Sacramentos) e Administrar (Governo da Igreja).
A partir do dia 28 de fevereiro de 2013 a Cadeira de S. Pedro ficará vaga por resignação de Bento XVI esperando a eleição de um novo Papa.

Cadeira da Igreja Matriz de Ovar (séc. XVIII). Além dos símbolos de S. Pedro
 (A tiara e as chaves do Papa), esta cadeira ostenta, no espaldar, as antigas armas de Portugal

D. Agostinho de Jesus e Sousa, Bispo do Porto, na cadeira paroquial, quando da visita à Paróquia de Ovar em 22/07/1944 e 13/07/1946, rodeado pelos sacerdotes Crispim Gomes Leite (abade) e José Ribeiro de Araújo (padre cura, um dos fundadores do jornal "João Semana". Em cima, da esquerda para a direita: o seminarista Alexandrino Brochado (hoje Monsenhor), e os padres Manuel André Boturão, Manuel Torres, João Maria Gomes Pinto, António Sanfins, António Joaquim Oliveira Leite (Padre Patarena), que nasceu em 1864 e faleceu em 1949, e José Rodrigues Figueiredo.

Sem comentários: