30/03/13

Tríduo Pascal


5.ª Feira Santa - Celebração na Igreja Matriz de Ovar

Padre Pinho Nunes
Sob a presidência do Pároco de Ovar, Padre Manuel Pires Bastos, e a colaboração do Padre António Pinho Nunes, estão a ser vividas com intensidade, apesar de se confinarem ao interior da Igreja Matriz, as celebrações litúrgicas do Tríduo Pascal, em que os cristãos vivem os três últimos dias da vida de Cristo entre os homens – Última Ceia (5.ª Feira Santa), Paixão e Morte (6.ª Feira Santa) e Ressureição (Vigília e Domingo Pascal).
Até ao dia de Pentecostes a Igreja celebra o Tempo Pascal em clima de expectativa pela vida em plenitude que lhe é garantida pela presença do Espírito Santo.
Capela do Calvário, no dia chuvoso de 6.ª Feira Santa

6.ª Feira Santa (15 horas) - Capela do Calvário

O mau tempo não permitiu que saíssem à rua as duas procissões que se relacionam com os acontecimentos celebrados em cada um dos dias e que desde há séculos fazem parte do património religioso e cultural de Ovar.
Pormenor do Passo da Verónica, uma das sete capelas dos Passos 

No postal: "Última Ceia" (iluminura de um antigo Missal da Paróquia de Ovar), e Círio Pascal

PÁSCOA
No sepulcro o fecharam
e lhe deram guardas
 para impedir a sua Ressureição.
Nada os guardas fizeram,
Que adormeceram,
e ele abriu a pedra do caixão.
José Régio

Sem comentários: