15/12/14

Diocese do Porto – 900 anos de restauração

Santa Maria do Porto e S. Cristóvão de Cabanões

Data de 1112/1114 a restauração da Diocese do Porto, após a expulsão dos sarracenos das Terras de Santa Maria.
Data dessa mesma época a primeira referência conhecida sobre a Paró­quia de Ovar, então denominada de Cabanões (Igreja de São Cristóvão de Cabanões, 1132).
É grato podermos associar a nossa Paróquia às comemorações jubilares que a Diocese do Porto tem vindo a celebrar através de um congresso há pouco realizado e da solene evocação histórica que teve lugar na Sé Catedral no passado dia 8 de dezembro, com o título “Santa Maria do Porto – o tempo e a memória”.
Instrumentos de percussão, clarins, or­questra, órgão e coro fizeram vibrar, na noite de 8 de dezembro, as abóbadas da Catedral do Porto, revivendo, sob o título “Santa Maria do Porto: o tempo e a memória”, um mo­mento alto da restauração da nossa Diocese e a constituição do seu Cabido (1112-1114).

O evento, a que presidiu o Bispo do Porto, D. António Francisco, constou de um esplen­doroso espetáculo cénico evocativo daquela época, com a nomeação e entronização do Bispo D. Hugo, vindo de S. Tiago de Com­postela, figura de relevo na história da Igreja medieval portuguesa, em que participaram atores, instrumentistas e cantores, com direção cénica de Júlio Cardoso, texto histórico de Luís Carlos Amaral e música do Cónego Dr. Ferreira dos Santos.

Leia AQUI  a Mensagem à Diocese
nos 900 anos de restauração

Sem comentários: