29/05/16

Pueri Cantores S. Cristóvão de Ovar em concerto de Primavera

Foi um regalo assistir, na tarde primaveril de 22 de maio, ao concerto que o grupo juvenil Pueri Cantores S. Cristóvão de Ovar proporcionou a quantos quiseram deslocar-se à Igreja Matriz.
Sob a orientação da maestrina Esmeralda Amaral, os cerca de 40 coralistas deram vida a 17 peças musicais de conteúdo espiritual, representativas de várias épocas, a mais antiga das quais, do século XV, dedicada à Santíssima Trindade, cuja festa litúrgica ocorreu nesse dia. Mas outros autores clássicos Tomás Luis de Victoria (séc. XV-XVI) a Robert Prizeman (“Voca me” – “Chama-me”, preencheram o rico e variado programa, que teve, em diversos números, o acompanhamento de órgão, flautas e violoncelo.

Concerto de Primavera pelos Pueri Cantores S. Cristóvão de Ovar
Foto: M. Pires Bastos
Para memória futura, aqui ficam os números, alguns dos quais podem ser ouvidos na internet: “Jesus Christ you are my life”, Marco Frisina; “Hymne à la nuit”, J.P. Rameau; “Dextera Domini”, Joaquim Casimiro; “Ave verum”, Edward Elgar; “Kyrie”, Leo Delibes; “Benedictus-Sanctus”, Robert Prizeman; “Alta Trinita Beata”, anónimo; “Church march”, Olle Jansson; “Voca me”, Robert Prizeman; “Avé Maria”, Tomás Luis de Victoria; “Pie Jesu”, Gabriel Faurée; “Siyahamba”, trad. Sydafrika e arranjo de Anders Nyberg; “Hush somebod’s callyn’ my name”, arranjo de Brazeal W. Dennari; “Witiness”, arranjo de Jack Halloran; “When you believe”, Stephen Schwartz; “Glória”, Jocelyn K. Belamide e M. Thérèse Henderson; “Davanti a questo amore”, A. de Luca, F. Marranzino e B. Conte.

Pueri Cantores S. Cristóvão de Ovar
Foto: Fernando Pinto

Sem comentários: