04/03/17

MARIA DE NAZARÉ – Um projeto para a humanidade

(...) Não querendo fechar-se em si mesmo, Deus criou o Homem para ser seu amigo e dialogar com ele, na graça da sua plenitude. Contudo, o ser humano preferiu encerrar-se egoisticamente em si e prescindir de Deus, quebrando a intimidade relacional com o seu Criador e Senhor, caindo nas mãos da sua própria violência e morte.
No entanto, Deus não desistiu e continuou perseverantemente a enviar a sua palavra de exigência e graça. Nesta linha, foi privilegiado o povo de Israel, chamado a escutar e a responder ao convite divino e a fazer com o Senhor uma Aliança de Amor e a ser transmissor da Sua revelação a toda a humanidade.
(...) Na plenitude dos tempos, Deus enviou o seu próprio Filho, Jesus Cristo, nascido de uma mulher israelita, Maria de Nazaré, para, definitivamente, instaurar o seu Reino e operar a redenção da humanidade, marcada pelo pecado de Adão e Eva.
(...) Perguntamo-nos o que significa reconhecer a cooperação da Virgem Maria na Salvação da humanidade?

LEIA o texto de Paulo Costa na edição de 1 de março de 2017
do jornal ovarense "JOÃO SEMANA". 

Sem comentários: