07/11/17

A nova imagem de São Cristóvão, Padroeiro de Ovar


Após sete anos de expetativa, e já saudosos da imagem secular de São Cristóvão, que desde a infância os acolhia à entrada da Igreja Matriz, os paroquianos de Ovar reencontraram, surpresos e agradecidos, em 1 de novembro último, um São Cristóvão rejuvenescido por uma nova escultura, ocupando o lugar que por direito lhe pertence.

Procurando uma data conveniente para a inauguração da nova imagem, foi escolhido o dia 1 de novembro, solenidade de Todos os Santos. Aconselhou o artista ovarense, Luís Ferreira de Matos, que o modelo que executou em gesso fosse moldado em bronze e não em pedra, como a anterior, para garantir maior durabilidade à escultura. Após algumas palavras do P.e Manuel Pires Bastos e de Pedro Braga da Cruz, presidente da Assembleia Municipal, e de Bruno Oliveira, presidente da União de Freguesias de Ovar, foi descerrada a imagem por uma criança do 1.º ano da Catequese, de nome Cristóvão (na foto), após o que o sacerdote leu as orações da bênção ritual.



A antiga imagem, que durante 5 séculos presidiu à paróquia, primeiro denominada São Cristóvão de Cabanões e, desde o século XVI, São Cristóvão de Cabanões da Vila de Ovar, ficará a bom recato no interior da Matriz, resguardada dos rigores do tempo, e ali continuando o Padroeiro receber a homenagem dos seus devotos, residentes nestas terras onde desagua o rio Ovar (atual Cáster), aos quais desde há de oito séculos vem oferecendo a sua proteção.




Fotos: Jornalista Fernando Pinto

Sem comentários: