15/09/17

Viagem ao Vietname


País exótico em clima de paz

O Vietname de hoje, cordato e unido, pouco tem a ver com aquele que há dezenas de anos foi motivo de preocupação para o mundo, devido à luta ali travada pelas duas grandes potências mundiais: a Rússia (a norte) e os Estados Unidos (a sul). Com a sequente saída dos EUA e o entendimento patriótico dos vietnamitas, hoje o país vive unido, numa democracia de um só partido (o comunista), com cerca de 80 milhões de habitantes, acantonados à volta de Hanói (a capital, a  norte, com 6 milhões de habitantes) e a antiga Saigão (hoje Ho Chi Minh, com 8 milhões, o principal núcleo comercial e industrial do país), tendo ao centro uma região histórica (Hué, Danang), onde se adivinham as suas raízes culturais.
Para ali chegar, houve que voar 4h30 até Istambul, na Turquia, onde se tocam a Europa e a Ásia (estreito do Bósforo), e mais 9 horas até Hanói, onde chegámos à noite (mais 6 horas do que em Portugal).

Hanói, a Paris do Leste

Hanói, a Paris do Leste, conserva um ar parisiense, e a sua catedral reflete o que permaneceu do cristianismo da era colonial francesa, marcado, desde o século XVII, pelo sangue de muitos mártires (...)"


Veja AQUI
a reportagem

Flor de Lótus

Sem comentários: