30/09/17

Testemunho de uma caminheira

Os caminheiros do clã Paulo VI, do agrupamento de escuteiros 549 Ovar, em conjunto com os caminheiros de Esmoriz, Maceda e S. João de Ver, participaram, em agosto, no Acampamento Nacional, ACANAC, a maior atividade escutista alguma vez realizada em Portugal, com a participação de perto de 22 mil pessoas, tendo como tema “Abraça o Futuro”, com o objetivo de formar jovens mais consciencializados e responsáveis com o ambiente que nos rodeia, sob o ponto de vista social, económico, politico, religioso e Cívico. Para os Caminheiros (entre os 18 e 22 anos), este acampamento apontava para o serviço em comunidade (conhecer gentes, culturas e lugares).


Divididos por equipas com mais ou menos 50 elementos de todo o país, os elementos de Ovar caminharam até a Aldeia de Segura, onde onde tiveram três dias da atividade: além da interação com a população, ouvindo as suas histórias, músicas e costumes, pintámos a capela da aldeia como gesto de gratidão pela forma carinhosa como fomos acolhidos, e no fim destes três dias, organizámos uma pequena festa de despedida (fogo de conselho), partilhando com as gentes de Segura os nossos jogos, músicas e brincadeiras.
Nos últimos dias do ACANAC voltámos para o campo escutista, onde tivemos a opção de realizar workshops com os mais variados temas (desde danças tradicionais Portuguesas a um ateliê de anilhas). Também a espiritualidade esteve muito presente neste acampamento, pela construção da nova capela de campo, inspirada numa tenda, e pela presença da Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Fátima, que ficou presente em campo durante toda a atividade.
O próximo Acampamento Nacional realizar-se-á no ano do Centenário do CNE, Corpo Nacional de Escutas.         

Adriana Soares (Caminheira)

Sem comentários: